» Cap 10 - Normas para Saltos Sobre Superfície Líquida

Código Esportivo da CBPq

Capítulo X - Normas para Saltos Sobre Superfície Líquida


Art. 206 - São exigidas as condições básicas abaixo para a realização de saltos com pousos programados sobre água (mar, rios, lagos) com profundidade maior de que um metro:

a) O paraquedista deverá possuir Categoria "B", no mínimo e saber nadar;

b) Portar colete salva-vidas homologado;

c) Existência de barcos para o resgate em número compatível.

Art. 207 - Sempre que se programar um salto com pouso em superfície líquida, deverá ser obrigatoriamente realizada instrução para os que vão participar da atividade, sob a orientação de um responsável qualificado e designado pela entidade de paraquedismo promotora do evento, em que deverão ser abordados os procedimentos necessários para a preservação da segurança, destacando-se os que se seguem:

a) Profundidade estimada para o local do pouso;

b) Procedimentos para a utilização do colete salva-vidas;

c) Sentido das possíveis correntezas;

d) Reconhecimento e localização dos barcos para o resgate.

§ Único: A instrução ora exigida terá uma validade de 15 (quinze) dias e deverá ser anotada na Caderneta de Salto dos paraquedistas envolvidos, pelo responsável designado.

Art. 208 - Uma pessoa qualificada deverá estar presente na embarcação de resgate, munido de equipamentos capazes de prestar socorro especializado em caso de emergência.

Art. 209 - Os saltos programados sobre o mar deverão receber tratamento especial e não poderão ser executados além de 200 (duzentos) metros da linha costeira, atendidas as demais exigências.

Art. 210 - Sempre que o provável local de pouso de uma área de salto estiver a menos de 01 (um) quilometro de uma superfície líquida (mar, rio ou lago) com profundidade maior que um metro, todos os paraquedistas deverão portar coletes salva-vidas infláveis e homologados, não sendo recomendados coletes de material quebradiço.


Outros Artigos de CÓDIGO ESPORTIVO
 
» Cap 01 - Normas Administrativas
 
» Cap 02 - Normas de Segurança
 
» Cap 03 - Normas para Instrução Segundo o Programa A.S.L.

ver todas
 
voltar     |     topo

HOME

CURSOS
- CURSOS
- DÚVIDAS DO CURSO
- DÚVIDAS FREQUENTES

SALTO DUPLO
- SALTO DUPLO
- DÚVIDAS SALTO DUPLO

SHOWS

FOTOS
- ALUNOS
- SALTOS DUPLOS
- SHOWS
- DIVERSAS
VIDEOS
- ALUNOS
- SALTOS DUPLOS
- SHOWS
- DIVERSOS

LEGISLAÇÃO
- CÓDIGO ESPORTIVO

DOWNLOADS

LINKS

CONTATO
NEWSLETTER

Receba em sua caixa postal notícias sobre promoções, eventos e novidades!!!

Nome:


E-Mail:


CONTATOS

  Telefones:

(62) 9953-5454
(62) 8119-2789

  E-Mail:

contato@voegoias.com.br



O pára-quedismo é um esporte de risco e, mesmo quando, praticado de acordo com as normas de segurança que regem o esporte,
há chances de que seus praticantes possam vir a sofrer ferimentos ou até mesmo morrer em decorrência de sua prática.